T. E. Hulme – Outono

Um fio de frio na noite outonal —
Fui para o quintal
E vi a rúbida lua inclinar-se sobre o folharal
Como um rancheiro de rosto rosado.
Não parei para falar, mas dei aval,
E ao redor estavam as tristes estrelas
De pálidas faces como crianças da cidade.

Trad.: Nelson Santander

Autumn

A touch of cold in the Autumn night —
I walked abroad,
And saw the ruddy moon lean over a hedge
Like a red-faced farmer.
I did not stop to speak, but nodded,
And round about were the wistful stars
With white faces like town children.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s