Carlos Nejar – Gazel do Universo Começando

Irei, irás onde os ventos nos exigem. E o universo é o começo de estar contigo. 2. O arado com o trigo vai rodar. Irei, irás com os cabelos rodando. O céu irá rodar no colo plúmeo das espigas. Seguirás com as colinas e os plátanos rodando. O mundo é tua mão desprevenida. Vai rodando … Continue lendo Carlos Nejar – Gazel do Universo Começando

Carlos Nejar – José Mora

Eu retornei. A morte imensa, tão imensa que não tocava mais os seus limites, os feudos. E eu, aos poucos, fui vencendo, fui desembaraçando seus cordames, o mortal peso, a superfície desamparada e vasta como se num escafandro viesse lentamente ao som das águas e fosse uma cítara tangida entre duas espigas de penumbra e … Continue lendo Carlos Nejar – José Mora