Juan Vicente Piqueras – O testemunho do gajeiro

Para falar a verdade, pareceu-me outro gesto de presunção,muito dele,aquela urgência com que nos pediuque o amarrássemos ao mastropara escapar do canto das sereias.As sereias estavam cantando, isso é verdade,mas não exatamente para seduzi-lo.E por que não a qualquer um de nós?Por que elas deveriam tentar seduzir alguém?Quem pode garantir que não estavam simplesmente cantando?Ou que … Continue lendo Juan Vicente Piqueras – O testemunho do gajeiro

Juan Vicente Piqueras – Museu da Acrópole

Uma mão de mármore, mas apenas os dedos,sobre um ombro de mármore sem cabeça. Um braço erodido que ninguém estende a ninguém. Um cavalo sem patas. Um cavaleiro que é apenas suas coxas. Dionísio aos pedaços, recomposto. Um touro sem chifres que está sendo devoradopor um leão que lá não está,apenas suas garras. Admiramos o … Continue lendo Juan Vicente Piqueras – Museu da Acrópole

Juan Vicente Piqueras – Proposta de epitáfio

"Proposta de epitáfio", um poema de Juan Vicente Piqueras Quando criança, eu era imortal. Adolescente, me rebelei contra o que agora sou. Quando jovem, eu era selvagem. Fiz sofrer e sofri muito mais do que eu queria.

Juan Vicente Piqueras – Lázaro se nega a ressuscitar

Um dia ouvi umas vozes que vinham de fora. Finalmente!, pensei, vozes de fora, vozes de outros que levam a luz dentro de si e que a soletram, que vem até mim do ar, e não de mim. Vozes que ao se aproximar eram sussurros. Passos que pararam diante da minha porta. Alguém disse: Aqui … Continue lendo Juan Vicente Piqueras – Lázaro se nega a ressuscitar

Juan Vicente Piqueras – Wuang Shi, pirata aposentado, fala em sua festa de aniversário no hospital de Ching Pei para seus amigos e convidados imaginários

Wuang Shi, pirata aposentado, fala em sua festa de aniversário no hospital de Ching Pei para seus amigos e convidados imaginários           para Rafa Rodríguez Perdeu-se a honra. Como se fosse o tempo, a vida, o rumo ou a paciência perdeu-se a honra. E aqui estamos. Todos sabeis quem sou e não direi meu nome nem … Continue lendo Juan Vicente Piqueras – Wuang Shi, pirata aposentado, fala em sua festa de aniversário no hospital de Ching Pei para seus amigos e convidados imaginários

Juan Vicente Piqueras – Oração do incrédulo

O importante é rezar, não importa a quem, que as perguntas sejam as orações do pensamento, plantem sua semente em nossa solidão, e que não haja paz que, à força de insistir, seja capaz de não existir, não tenha outra opção senão recorrer à voz de quem a chama. Que deus não exista, acaso é … Continue lendo Juan Vicente Piqueras – Oração do incrédulo

Juan Vicente Piqueras – Taças de sede

Se duvidas de tua sede, se não te atreves a questiona-la ou a dar-lhe um nome, se só sabes que buscas uma água que a sacie e não achas senão poços, e neles ecos que te chamam, bebe. Se ao beber a sede desaparece é que era só sede. Segue buscando. Mas se cresce em … Continue lendo Juan Vicente Piqueras – Taças de sede

Juan Vicente Piqueras – Lençóis herdados

A mais íntima ferida é herdada. O onde, o como, o quando, a morte, o nascimento, língua, família, deus, tempo, amor: o decisivo do que nos acontece, e quem somos, não é algo desejado nem escolhido. E passamos a vida, no entanto, ou por isso, crendo que o desejo é nosso deus, e não uma … Continue lendo Juan Vicente Piqueras – Lençóis herdados

Juan Vicente Piqueras – A sala vazia

a Carlos Edmundo de Ory Era um de teus jogos favoritos. O que há em uma sala vazia?, perguntavas. Mantínhamo-nos em silêncio. O que há em uma sala vazia? Os que não conheciam o jogo às vezes diziam: nada, e tu dizias: não. Nada é nada, e eu disse o quê. Até que alguém dizia, … Continue lendo Juan Vicente Piqueras – A sala vazia

Juan Vicente Piqueras – Em um instante

(Para os amigos que ainda estão vivos,           mas desapareceram, onde quer que estejam,           com um abraço póstumo) As pessoas tendem a desaparecer. Um dia te fazem rir e no seguinte já não estão. Um dia te ligavam todos os dias para saber como estavas, e agora já nem te lembras de suas vozes. Um dia … Continue lendo Juan Vicente Piqueras – Em um instante