José Luis García Martín – Em algum lugar

Logo, depois, mais tarde, quando nunca, meus passos se afastaram de meus passos e em algum lugar, não sei se dentro ou fora, ouviu-se uma voz que um nome repetia. Uma voz, só um eco, quase nada, talvez a voz do vento entre as árvores onde nem mesmo árvores havia. Tremiam os alicerces da terra … Continue lendo José Luis García Martín – Em algum lugar