Ross Gay – Tristeza não é o meu nome

— depois de Gwendolyn Brooks Não importa a atração pelo abismo. Pouco importa o sono profundo e florido que o aguarda. Há tempo para tudo. Veja, ainda esta manhã um abutre acenou com a cabeça vermelha e pardacenta para mim, e eu olhei para ele, admirando a foice do seu bico. Então o vento soprou, … Continue lendo Ross Gay – Tristeza não é o meu nome