Eamon Grennan – Uma manhã

Procurando pedras raras, dei com a lontra morta decompondo-se na linha da maré, e carreguei pelo resto do dia o odor do seu brutal adeus. Aquele impetuoso alarido que o catador de ostras faz chegou ecoando pela enseada rochosa onde um cormorão se alimentava e submergia na baía e de onde uma garça-real irrompeu de … Continue lendo Eamon Grennan – Uma manhã