Amadeu Amaral – Névoa

Tudo isto há de passar, decerto, muito em breve… Branca névoa sutil, ir-se-á quando o sol nasça; branco sonho de amor, passará, como passa pelas ondas em fúria uma garça de neve. Passará dentro em pouco, imitando a fumaça que se evola e se esvai nas curvas que descreve. Fumaça de ilusão, força é que … Continue lendo Amadeu Amaral – Névoa