Raquel Lanseros – Invocação

Que não cresça jamais em minhas entranhas essa calma aparente chamada ceticismo Fuja eu do ressentimento, do cinismo, da imparcialidade dos ombros encolhidos. Creia eu sempre na vida Creia eu sempre nas minhas infinitas possibilidades. Enganem-me os cantos das sereias, que minha alma tenha sempre uma pitada de ingenuidade. Que nunca se pareça minha epiderme … Continue lendo Raquel Lanseros – Invocação

Raquel Lanseros – A propósito de Eros

De todas as terrenas servidões que aprisionam meu afã neste cárcere confesso-me devedora da carne e de todos os seus íntimos vaivéns que me fazem mais feliz        e menos livre. Às vezes, porém, a escravidão se mostra soberana e me sinto senhora do destino.   Porque sei amar, porque provei da fruta   e nunca maldisse o … Continue lendo Raquel Lanseros – A propósito de Eros