Haroldo de Campos – Servidão de Passagem

forma de fome proêmio mosca ouro?mosca fosca. mosca prata?mosca preta. mosca íris?mosca reles. mosca anil?mosca vil. mosca azul?mosca mosca. mosca branca?poesia pouca. o azul é puro?o azul é pus. de barriga vazia. o verde é vivo?o verde é vírus de barriga vazia. o amarelo é belo?o amarelo é bile de barriga vazia. o vermelho é … Continue lendo Haroldo de Campos – Servidão de Passagem

Haroldo de Campos – Ex/plicação

não há um sentido único num poema quando alguém começa a ex- plicá-lo e chega ao fim en- tão só fica o ex do ponto de partida beco (tente outra vez) sem saída