Margaret Atwood – Muitíssimo

Muitíssimo É uma antiga palavra perdendo o brilho.Eu queria muitíssimo.Eu desejava muitíssimo.Eu o amava muitíssimo. Eu percorro cautelosamente a calçadapor causa dos meus joelhos machucados,com os quais eu me importo menosdo que você possa imaginarjá que há outras coisas, mais importantes –espere e verá – carregando um café pela metadeem um copo de papel com … Continue lendo Margaret Atwood – Muitíssimo

Margaret Atwood – O momento

O momento em que, depois de muitos anos de trabalho duro e de uma longa jornada, encontras-te no centro do teu quarto, casa, meio acre, milha quadrada, ilha, país, sabendo por fim como lá chegaste, e dizes: tudo isso me pertence, é o mesmo momento em que as árvores desatam seus braços macios ao teu … Continue lendo Margaret Atwood – O momento