António Barahona – Memórias

Da minha vida, os anos que passaram não os quero de volta: só agora me basta pra viver, a toda a hora, os momentos que em mim se eternizaram. Caminho pesaroso, entre destroços de lutas amorosas, sem ter tréguas. Vão às cegas, meus passos pelas trevas de sombras movediças feitas de ossos. Lembro os que … Continue lendo António Barahona – Memórias