Helena Zelic – Bem-vinda

em uma casa desconhecida é preciso observar os movimentos das coisas: o gás se vem da rua ou botijão as árduas relações entre tomadas e eletrodomésticos botões de liga e desliga a política da limpeza se toda sujeira é política. as cores das chaves, as trancas trocadas encaixar, tirar e encaixar de novo na busca … Continue lendo Helena Zelic – Bem-vinda

Helena Zelic – Dimensões

dimensões e se todos esses dias toda a angústia, toda a treva todos esses sonhos todos os abraços toda guerra e invasão mais as terras dos quilombos as festas e as decapitações históricas o grande amor de nossas vidas a revolução bolivariana o nosso medo do escuro os reflexos das poças d’água o barulho dos … Continue lendo Helena Zelic – Dimensões