André Ladeia – Efêmera

A terra boia no oceano negro E estrelado Ela dança e rodopia; Ah! Como é bela E frágil... A Terra é uma bolha de sabão. http://antoniocicero.blogspot.com.br/2016/05/andre-ladeia-efemera.html