Jaroslav Seifert – Vi Apenas uma Vez

Vi apenas uma vez um sol tão ensanguentado.             E nunca mais Descia funesto sobre o horizonte e parecia que alguém havia escancarado as portas do inferno. Perguntei pelo observatório astronômico e hoje sei o porquê. O inferno, conhecemos: está em toda parte e caminha sobre duas pernas.     … Continue lendo Jaroslav Seifert – Vi Apenas uma Vez