Louise Glück – Trillium*

Quando acordei eu estava em uma floresta. A escuridão parecia natural, o céu entre os pinheiros repleto de muitas luzes. Eu não sabia nada; eu não podia fazer nada além de olhar. E enquanto eu observava, todas as luzes do céu se apagaram para formar uma única coisa, um fogo ardendo por entre os frescos … Continue lendo Louise Glück – Trillium*