Ellen Bass – Borboleta morta

Durante meses, minha filha carregou uma borboleta-
monarca morta em um pequeno recipiente.
Em sua mochila, o inseto ia e vinha da escola
para a casa de sua única amiga. À mesa de jantar,
ele se acomodava, como um convidado, ao lado da carne assada.
Ela o levava para a cama, apoiando-o em seu travesseiro.

Foi no ano em que o irmão dela nasceu?
Seria a borboleta seu próprio bebê demasiado frágil
que viveu — tão brevemente — naquele mundo envidraçado?
Ou foi no ano em que ela se recusou a ir à casa do pai?
Foi nesta garota segurando-a-respiração que ali ela se tornou?

Esta criança rechonchuda com suas meias enroladas,
eu às vezes queria puxa-la de volta para dentro de mim
e carrega-la em segurança novamente. Qual era o seu feroz
comprometimento? Eu nunca entendi.
Nós apenas vivíamos com a coisa alada morta
como parte dela, como parte de nós,
leve em seu pesado jarro.

Trad.: Nelson Santander

BASS, Ellen. “Dead Butterfly”. In:_____The Human Line. EUA: Copper Canyon Press, June 01, 2007.

Miniantologia Poética – 16

Dead Butterfly

For months my daughter carried
a dead monarch in a quart mason jar.
To and from school in her backpack,
to her only friend’s house. At the dinner table
it sat like a guest alongside the pot roast.
She took it to bed, propped by her pillow.

Was it the year her brother was born?
Was this her own too-fragile baby
that had lived—so briefly—in its glassed world?
Or the year she refused to go to her father’s house?
Was this the holding-her-breath girl she became there?

This plump child in her rolled-down socks
I sometimes wanted to haul back inside me
and carry safe again. What was her fierce
commitment? I never understood.
We just lived with the dead winged thing
as part of her, as part of us,
weightless in its heavy jar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s