Joseph Hillman – Para capturar a mim mesmo

Para capturar a mim mesmo
eu devo cavar um buraco

Perfurar a película que
separa a vida da morte
Com pá, pá de corte
ou mãos afiadas

Fazer a terra desabrochar
Em uma floração de
preto e ocre

Permitir que os muros se ergam
ao meu redor como
desmoronados
cortinados
engolindo-
me inteiro
enquanto
vou mais
fundo

Mais fundo
naquele buraco

Tão fundo que
não posso sair
novamente
e tenho que
viver o
resto de
meus dias
esperando
que o meu
captor
me liber-
te

Trad.: Nelson Santander

To capture myself

To capture myself
I must dig a hole

Puncture the film that
separates life and death
With spade or shovel
or sharpened hand

Make the earth unfold
Into a blossom of
black and ochre

Let the walls rise
around me like
crumbling
curtains
swallowing
me whole
as I make
my way
deeper

Deeper into
that hole

So deep that
I cannot get
out again
and must
live the
rest of
my days
waiting
for my
captor
to free
me.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s