Joan Margarit – No álbum

És tu antes de ir-te,
quando ainda vivias em casa.
O olhar brilhante com que nos recompensou.
Teu nome foi ficando para trás,
na foto de onde ainda nos sorri
como se tudo fosse para sempre
e nada acontecera em outro lugar,
nem no sorriso que hoje desconhecemos,
distante do que tem teu rosto neste álbum.
Este sorriso, agora, é só para nós:
convive com as cartas, bonecas e desenhos,
suvenires que desvelam a manhã
que entra por tua varanda. Às vezes pronunciamos
teu nome de uma maneira mais jovial, como antes.
Quem sabe desta maneira continues aqui
e teu nome proteja as recordações mais fiéis
para viver contigo ao nosso lado.

Trad.: Nelson Santander

Joan Margarit – En El Álbum

Eres tú antes de irte,
cuando vivías todavía en casa.
La mirada brillante que nos recompensó.
Tu nombre se nos fue quedando atrás,
en la fotografía donde aún nos sonríes
como si todo fuese para siempre
y nada sucediera en otro sitio,
ni en la sonrisa que hoy desconocemos,
lejos de la que tiene tu cara en este álbum.
Esta sonrisa, ahora, sólo es para nosotros:
convive con las cartas, muñecas y dibujos,
recuerdos que desvela la mañana
que entra por tu balcón. A veces pronunciamos
tu nombre de una forma más joven, como antes.
Quizá de esta manera continúas aquí
y tu nombre protege los recuerdos más fieles
para vivir contigo a nuestro lado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s