Louise Glück – O lírio prateado

As noites esfriaram novamente, como as noites do início da primavera, e estão silenciosas outra vez. Incomoda-o conversarmos? Estamos sozinhos agora; não temos razão para o silêncio. Você pode ver, sobre o jardim — a lua cheia nasce. Eu não verei a próxima lua cheia. Na primavera, quando a lua emerge, significa que o tempo … Continue lendo Louise Glück – O lírio prateado