Judith Hemschemeyer — Naquele verão

Naquele verão
depois que você se enforcou
sem perguntar
a ninguém que o amava
se eles podiam suportar

dei por mim arrastando mangueiras
regando cada centímetro
desse imenso gramado
dia após dia
perfeito

obcecada
incapaz de deixar mais alguma coisa
uma única folha de grama
morrer.

Trad.: Nelson Santander

That Summer

That summer
after you hanged yourself
without asking
anyone who loved you
if they could bear it

I found myself dragging hoses
watering every inch
of this huge lawn
over and over
day after perfect day

obsessed
unable to let one more thing
one single blade of grass
die.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s