Dan Gerber – Para Deneb


Tão impossivelmente distante,
dizem os eruditos astrônomos,
mais remota
do que qualquer outra Coisa que
eu já tenha visto,
calorosa companheira de uma noite de verão,
um quarto de milhão de vezes
a luz do nosso sol,
obliterando os quatrilhões
de milhas da escuridão à sua volta,
ainda assim tão familiar,
tão em casa com as estrelas do nosso bairro,
aqui na cauda do Cisne,
tão serena em seu ménage com a Águia
e a ainda resplandecente Lyra.

Trad.: Nelson Santander

To Deneb

So impossibly distant,
the learned astronomers tell me,
more remote
than any one Thing
I’ve ever seen,
fond companion of a summer night,
a quarter-million times
the light of our sun,
obliterating the darkness
quadrillions of miles around you,
yet so familiar,
so at home with our neighborhood stars,
here in the tail of the Swan,
so serene in your ménage with the Eagle
and the still-shining Lyre.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s