Stevie Smith – Sozinha na floresta

Sozinha na floresta, senti
A amarga hostilidade do céu e das árvores
A Natureza ensinou suas criaturas a odiar o
Homem que ferve e fumega
Inquieto homem
Como a seiva sobe nas árvores
Como a seiva pinta as árvores de um verde violento
Assim cresce a ira das criaturas da Natureza
Contra o homem
Assim pinta-se a face da Natureza de um verde violento.
A Natureza está doente do homem
Doente de sua fervura e fumaça
Doente de suas agonias
Doente de sua mente extravagante
Que conduz seu corpo
Cada vez mais rapidamente
Mais e mais
Na direção errada.

Trad.: Nelson Santander

Alone in the woods

Alone in the woods I felt
The bitter hostility of the sky and the trees
Nature has taught her creatures to hate
Man that fusses and fumes
Unquiet man
As the sap rises in the trees
As the sap paints the trees a violent green
So rises the wrath of Nature’s creatures
At man
So paints the face of Nature a violent green.
Nature is sick at man
Sick at his fuss and fume
Sick at his agonies
Sick at his gaudy mind
That drives his body
Ever more quickly
More and more
In the wrong direction.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s