Bruno Darcoleto Malavolta – Epicurus Revisited

disco, agulha, caixas
onde ouço os sonhos de coltrane e duke ellington
o velho violão em que aprendi os primeiros acordes
o novo violão, superior, trincado
poemas que li, poemas que escrevi, por todos os lados
uma cadeira, uma mesa, um cigarro, um filtro de água
o meu corpo cercado por gatos neste exato
ponto do espaço-tempo
– sou rico.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s