Juan Vicente Piqueras – Véspera de Permanecer

Tudo está preparado: a mala,
as camisas, os mapas, a tola esperança.

Estou tirando o pó das pálpebras.
Já pus na lapela
a rosa dos ventos.

Tudo está pronto: o mar, o ar, o atlas.

Só me falta o quando,
o onde, um diário de bordo,
cartas de navegação, ventos propícios,
coragem e alguém que saiba
amar-me como nem eu mesmo me amo.

O barco inexistente, o olhar,
os perigos, as mãos do assombro,
o cordão umbilical do horizonte
que sublinha esses versos elípticos…

tudo está preparado: a sério, em vão.

Trad.: Nelson Santander

Juan Vicente Piqueras – Víspera de Quedarse

Todo está preparado: la maleta,
las camisas, los mapas, la fatua esperanza.

Me estoy quitando el polvo de los párpados.
Me he puesto en la solapa
la rosa de los vientos.

Todo está a punto: el mar, el aire, el atlas.

Sólo me falta el cuándo,
el adónde, un cuaderno de bitácora,
cartas de marear, vientos propicios,
valor y alguien que sepa
quererme como no me quiero yo.

El barco que no existe, la mirada,
los peligros, las manos del asombro,

todo está preparado: en serio, en vano.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s