Robinson Jeffers – A canção da quietude

Bebe, bebe profundamente da quietude,
     E às margens do mar-imensidão
Esquece de tua aflição, amiúde,
     E de todas as misérias que virão.
Mais calmo e frio do que a neblina,
Que se desdobra e se inclina
Sobre o vale escuro, e se rebobina,
     Aprende a ser.

 

O Passado — foi um sonho ardente,
     Um sono bêbado cheio de lamentos.
O Futuro — Ó brilho de asas frementes
     Levadas pela van dos anos de desalentos!
Amaste o entardecer: cintilação
Da aurora; foi-se a escuridão: —
Quais perigos te motivam,
     Quais sonhos são mais violentos?

 

Cinza, entretanto, ainda está o oriente;
     A hora, incolor; os galos, mudos até agora,
Alegra-te às vésperas do sol nascente,
     Descansa um pouco enquanto não chega a aurora:
Aqui, na floresta feiticeira,
A névoa marinha inunda a noite inteira, —
A tua solidão derradeira,
     Tua casa pelo ano afora.

 

Song of Quietness

 

Drink deep, drink deep of quietness,
     And on the margins of the sea
Remember not thine old distress
     Nor all the miseries to be.
Calmer than mists, and cold
As they, that fold on fold
Up the dim valley are rolled,
     Learn thou to be.

The Past—it was a feverish dream,
     A drunken slumber full of tears.
The Future—O what wild wings gleam,
     Wheeled in the van of desperate years!
Thou lovedst the evening: dawn
Glimmers; the night is gone:—
What dangers lure thee on,
     What dreams more fierce?

But meanwhile, now the east is gray,
     The hour is pale, the cocks yet dumb,
Be glad before the birth of day,
     Take thy brief rest ere morning come:
Here in the beautiful woods
All night the sea-mist floods,—
Thy last of solitudes,
     Thy yearlong home.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s