Wendell Berry – De “Sabbaths” (2001)

[…]

III

Peça ao mundo que revele sua quietude —
não o silêncio das máquinas quando estão paradas,
mas a verdadeira quietude pela qual canto dos pássaros,
árvores, Uvularias, caracóis, nuvens, tempestades
se tornam o que são, e nada mais.

[…]

V

O vento do outono está aqui.
Está em toda parte. Move
todas as folhas de todas as
árvores. É o único movimento
do rio. As folhas verdes
se cansam de sua cor.
Agora a noite também está no ar.
Os brilhantes falcões do dia
se retiram. As corujas despertaram.
Pequenas criaturas morrem porque
criaturas maiores estão famintas.
Quão superior a esta
humana confusão de crença
e ganância, sangue e fogo.

VI

A questão diante de mim, agora que
estou velho, não é como é estar morto,
o que sei por suficiente prática,
mas como é estar vivo, como contam
estas desgastadas colinas, e alguns quadros
de Paul Cézanne, e esta humilde
curruíra cantando, que pensa estar viva
para sempre, neste instante, e pode estar.

Trad.: Nelson Santander

From “Sabbaths” (2001)

[…]

III

Ask the world to reveal its quietude —
not the silence of machines when they are still,
but the true quiet by which birdsongs,
trees, bellworts, snails, clouds, storms
become what they are, and are nothing else.

[…]

V

The wind of the fall is here.
It is everywhere. It moves
every leaf of every
tree. It is the only motion
of the river. Green leaves
grow weary of their color.
Now evening too is in the air.
The bright hawks of the day
subside. The owls waken.
Small creatures die because
larger creatures are hungry.
How superior to this
human confusion of greed
and creed, blood and fire.

VI

The question before me, now that I
am old, is not how to be dead,
which I know from enough practice,
but how to be alive, as these worn
hills still tell, and some paintings
of Paul Cézanne, and this mere
singing wren, who thinks he’s alive
forever, this instant, and may be.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s