Mary Oliver – O quarto signo do zodíaco

1.
Porque eu deveria ter ficado surpresa?
Caçadores percorrem a floresta
sem um som.
O caçador, armado com seu rifle,
a raposa com seus pés de seda,
a serpente em seu império de músculos —
todos se movem em silêncio,
famintos, cuidadosos, atentos.
Exatamente como o câncer
entrou na floresta do meu corpo,
sem um som.

2.
A questão é,
como será
depois do último dia?
Irei flutuar
pelo céu
ou me desgastarei
na terra ou em um rio —
sem lembrar de nada?
Quão desesperada eu ficaria
se não conseguisse lembrar-me
do nascer do sol, se não conseguisse
lembrar-me das árvores, rios; se não conseguisse
nem mesmo lembrar-me, amado,
do seu amado nome?

3.
Eu sei, você nunca pretendeu ser deste mundo.
Mas está nele do mesmo jeito.

Então por que não começar imediatamente?

Quero dizer, pertencendo a ele.
Há tanto o que admirar, sobre o que chorar.

E sobre o que escrever músicas ou poemas.

Abençoe os pés que a levam para lá e para cá.
Abençoe os olhos e os ouvidos que ouvem.
Abençoe a língua, a maravilha do paladar.
Abençoe o toque.

Você poderia viver cem anos, já aconteceu.
Ou não.
Estou falando da plataforma afortunada
de muitos anos,
nenhum dos quais, penso, eu já desperdicei.
Você precisa de um empurrão?
Você precisa de um pouco de escuridão para prosseguir?
Deixe-me, então, ser urgente como um punhal,
e lembra-la de Keats,
que de tão único de propósito e pensamento, por um tempo
teve uma vida inteira.

4.
No final da tarde de ontem, sob o calor,
todas as frágeis flores azuis em floração
nos arbustos no quintal ao lado haviam
tombado dos arbustos e jaziam
enrugadas e desvanecentes no gramado. Mas
esta manhã os arbustos estavam cheios de
flores azuis novamente. Nenhuma delas
remanescia na grama. Como, eu
me questionei, elas rolaram de volta para os
ramos, que ferozmente queriam,
como todos nós, apenas um pouco mais de
vida?

Trad.: Nelson Santander

The fourth sign of the zodiac

1.
Why should I have been surprised?
Hunters walk the forest
without a sound.
The hunter, strapped to his rifle,
the fox on his feet of silk,
the serpent on his empire of muscles —
all move in a stillness,
hungry, careful, intent.
Just as the cancer
entered the forest of my body,
without a sound.

2.
The question is,
what will it be like
after the last day?
Will I float
into the sky
or will I fray
within the earth or a river —
remembering nothing?
How desperate I would be
if I couldn’t remember
the sun rising, if I couldn’t
remember trees, rivers; if I couldn’t
even remember, beloved,
your beloved name.

3.
I know, you never intended to be in this world.
But you’re in it all the same.

So why not get started immediately.

I mean, belonging to it.
There is so much to admire, to weep over.

And to write music or poems about.

Bless the feet that take you to and fro.
Bless the eyes and the listening ears.
Bless the tongue, the marvel of taste.
Bless touching.

You could live a hundred years, it’s happened.
Or not.
I am speaking from the fortunate platform
of many years,
none of which, I think, I ever wasted.
Do you need a prod?
Do you need a little darkness to get you going?
Let me be urgent as a knife, then,
and remind you of Keats,
so single of purpose and thinking, for a while,
he had a lifetime.

4.
Late yesterday afternoon, in the heat,
all the fragile blue flowers in bloom
in the shrubs in the yard next door had
tumbled from the shrubs and lay
wrinkled and fading in the grass. But
this morning the shrubs were full of
the blue flowers again. There wasn’t
a single one on the grass. How, I
wondered, did they roll back up to
the branches, that fiercely wanting,
as we all do, just a little more of
life?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s