Ian Hamilton – Vizinhos

Das janelas que dão para a baía
No deteriorado hotel do outro lado da pista
Misteriosos hóspedes de pernoite emergem
Em suas varandas
Para respirar o ar frio da noite.

Nós os deixamos assistir
Às nossas vidas pacatas.
Eles nos permitem imaginar o que foi feito deles.

Trad.: Nelson Santander

Neighbours

From the bay windows
Of the mouldering hotel across the road from us
Mysterious, one-night itinerants emerge
On to their balconies
To breathe the cool night air.

We let them stare
In at our quiet lives.
They let us wonder what’s become of them.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s