Joan Margarit – Professor Bonaventura Bassegoda

Recordo-o alto e gordo,
atrevido, sentimental. Você, então,
era uma autoridade em Alicerces Profundos.
Sempre iniciava suas aulas assim:
“Senhores, bom dia.
Hoje faz tantos anos, tantos meses
e tantos dias que minha filha morreu”.
E costumava secar algumas lágrimas.
Tínhamos vinte anos, mais ou menos,
e o homem corpulento que você era,
chorando no meio da classe,
nunca nos fez sorrir.
Há quanto tempo você não conta o tempo?
Tenho pensado em nós e em você,
hoje que sou uma amarga sombra sua
porque faz agora dois meses,
três dias e seis horas
que minha filha tem seus
profundos alicerces na morte.

Trad.: Nelson Santander

Profesor Bonaventura Bassegoda

Le recuerdo alto y grueso,
procaz, sentimental. Usted, entonces,
era una autoridad en Cimientos Profundos.
Inició siempre nuestra clase así:
«Señores, buenos días.
Hoy hace tantos años, tantos meses
y tantos días que murió mi hija».
Y solía secarse alguna lágrima.
Teníamos veinte años, más o menos,
y el hombre corpulento que usted era
llorando en plena clase,
nunca nos hizo sonreír.
¿Cuánto hace ya que usted no cuenta el tiempo?
He pensado en nosotros y en usted,
hoy que soy una amarga sombra suya
porque mi hija, ahora hace dos meses,
tres días y seis horas
que tiene sus profundos cimientos en la muerte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s