Robert Hayden – A nevasca

Incapaz de dormir ou rezar, permaneço
ao lado da janela olhando para
as aluadas árvores envergadas pelo gelo
de uma tempestade de dezembro.

Bordo e freixo da montanha se curvam
sob seu peso vítreo,
seus galhos fendidos caindo sobre
a neve congelada.

As árvores em si, como nos invernos passados,
sobreviverão a este fardo,
quebradas florescerão. E eu sou menos para Você
do que elas, Senhor?

Trad.: Nelson Santander

Ice Storm

Unable to sleep, or pray, I stand
by the window looking out
at moonstruck trees a December storm
has bowed with ice.

Maple and mountain ash bend
under its glassy weight,
their cracked branches falling upon
the frozen snow.

The trees themselves, as in winters past,
will survive their burdening,
broken thrive. And am I less to You,
my God, than they?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s